sexta-feira, 1 de julho de 2016

// // Leave a Comment

Marketing Digital

Marketing Digital- Dicas Marketing

            
Marketing Digital, O Dicas Marketing Separou uma lista de tópicos para você aprender passo á passo o que é o Marketing Digital. Neste artigo demonstraremos a importância do Marketing Digital desde sua base quando ainda era uma parte do Marketing Comum, e até alguns pontos avançados sobre esse tema. Se você quer saber tudo sobre Marketing Digital acompanhe tudo a partir de agora! 




Antes de adentrarmos no tema de Marketing Digital é importante fazermos um brevíssimo Resumo da História do Marketing desde a antiguidade até a chegada do Marketing Digital, para que se possa entender como se deu esse processo que evoluiu até chegarmos ao Marketing Digital. 


Brevíssimo Resumo da História do

 Marketing.:

Principio das Relações Econômicas 

            Desde o surgimento das primeiras civilizações, já se sabia que as relações humanas não seriam as únicas relações existentes entre os seres humanos, os povos primitivos, perceberam que para que seu povo e suas cidades continuassem a crescer e a se manter como eles as conheceram e as fundaram, era preciso se estabelecer um tipo de acordo social, onde alguns produziam para que outros pudessem usufruir disso, e mesmo que bastante primitivos, eles desenvolveram um método bastante avançado para a época, o método denominado de troca. 

Era evidente que determinadas terras não produziam a mesma quantidade ou a mesma qualidade de alimento que outras e isso poderia se transformar em um completo caos, e foi mesmo assim que ocorreu por vários e vários anos, até que as civilizações se autoanalisaram e se organizaram em prol de um objetivo comum, a substituição de um simples acordo informal, para um conceito ideal, o conceito de que a troca de produtos deveria ser feita não somente entre as pessoas más sim entre comunidades inteiras, dai surgiram os primeiros feirões da humanidade, muitos produtores se organizavam e se encontravam nesses locais para fazer a troca de mercadoria por outras mercadorias ou então por prata e outros metais. 

Essa nova modalidade de troca de produto levou as civilizações a desenvolverem a chamada relação comercial, mesmo que primitivamente, más foi desde modo que surgiu as relações comerciais humanas das quais reconhecemos atualmente. 

Com essas relações pré-estabelecidas outras e mais outras civilizações começaram também a praticá-las o que acarretou em um outro impasse dentro da metodologia de troca, o “impasse” era na verdade uma descoberta do mundo dos negócios, essa descoberta é muito importante até hoje, e ela se chama Negociação, na verdade negociação foi um evento natural em decorrência do aumento de pessoas fazendo troca de produtos e da relação econômica estabelecida, é fácil de subentender que quanto mais temos relações comerciais com uma pessoa, mais provável é a chance de se haver uma negociação. 

A Negociação por sua vez era algo que acabou por ser praticamente dominada pela relação amplamente aceitável de mercado, essa ideia mesma que bem primitiva já emitia uma sensação de que ela trazia consigo algo ainda mais inovador, a essência do Mercado. 


Marketing Primitivo   

O Marketing Primitivo surgiu com o seu principal objetivo de ser algo mais simplista do que de fato uma nova área de estudo, na verdade na origem do Marketing, ele era apenas considerado uma técnica da Administração para se obtiver mais resultados. 

E isso perdurou por muitos anos desde a antiguidade até mesmo em meio ao período de grande revolução técnica ocorrida por meio da Revolução Industrial. Administradores foram aperfeiçoando treinamentos de vendas e colocando essas técnicas como base do processo de formação de novos representantes de um produto ou de uma marca, e com o passar do tempo essas estratégias passaram a receber um pouco mais de atenção, contudo as grandes indústrias ainda pensavam no Marketing como sendo apenas um conjunto de técnicas administrativas para se chegar ao objetivo comum que era a venda de seus produtos. 

Essa forma de pensar se alastrou a muitos e muitos pensadores administrativos, tal pensamento foi fortalecido por grandes administradores da época pós-revolução industrial, que viram em suas grandes indústrias a possibilidade de treinar grandes grupos de representantes com essas técnicas conhecidas na época como área de vendas e somente estratégias de vendas. O que se pode notar é que mesmo sendo bastante primitiva a iniciativa acabou-se por anos mais tarde se tornar o palco do surgimento do Marketing como uma área de estudo. 


Marketing como um estudo   

Este processo se iniciou na ultima fase da “era administrativa” época apelidada assim por ter sido o berço de desenvolvimento de importantes Teorias Administrativas as chamadas TGAs. Muitos pesquisadores, administradores e grandes estrategistas nas áreas de vendas, acabaram por chegar a uma conclusão em comum, e a conclusão foi de que para conseguir se manter no topo da preferência do mercado, era preciso antes de tudo entender esse mercado, explorar o processos de variáveis administrativas e consolidar o planejamento estratégico na questão da venda em si, afinal sem a venda os negócios parariam. 

E foi no meio dessas correntes de pensamentos que surgiram os principais estrategistas que passaram a ver o Marketing como de fato uma área de estudo a parte das demais.
O Marketing não podia mais ser visto como algo que faz parte de uma outra área, más sim como uma área de atuação também, estruturada organizada e muito bem aplicada, uma área onde seria possível e cabível estipular novos conceitos sobre indústria, e fazer assim com que as grandes marcas pudessem ter uma peça chave fundamental para estruturar ainda mais os setores corporativos existentes. 

Dentre os novos conceitos trazidos pelo Marketing esta o entendimento correto de Mercado, Produto e Preço, anteriormente definidos pelos padrões de negociações, sem critérios e sem objetivos em si, ou seja, anteriormente se planejava as máquinas, as estratégias administrativas, se preparavam o pessoal para vender, más não estudavam os consumidores e nem o mercado em si, e isso só foi mais apuradamente possível com o novo conceito sobre o Marketing adotado pela comunidade mundial nas relações econômicas. 


Marketing 1.0   

O Marketing 1.0 é assim denominado pois é considerado um marco na história dos processos gerenciais das relações econômicas, é a partir desse momento que o Marketing não era apenas mais uma área de estudo, e sim, uma área de estudo que passou a se tornar essencial, nesse momento as questões sobre Mercado e Produto, passam por outras grandes mudanças em seus conceitos tradicionais, na fase histórica que se precedeu, o Marketing havia conseguido se “Desvincular” (mesmo que parcialmente) da Administração de vendas, e passou a se tornar uma área de atuação corporativa, porém, todas as formas de se compreender o Mercado e o Produto ainda eram baseados na concepção administrativa, ou seja o Marketing tinha se tornado uma área de estudo a parte, más que não conseguia sobreviver sem o setor corporativo, ou seja o Marketing não existia sem haver uma grande indústria por trás de suas técnicas, é como se ele existisse más tudo dentro dele era comandado por uma gestão administrativa e não uma gestão setorial, nesse aspecto ele continuava sendo uma área a parte, porém acaba por “receber” as mesmas influências antigas sobre seus conceitos fundamentais, e nesse momento é que ocorre a nova revolução do Marketing, aqui apelidada de Marketing 1.0 


Marketing 1.0 e suas inovações 

O Marketing 1.0 trouxe uma nova formulação para o Marketing, nesse sentido o Marketing passou a ser entendido como algo que não poderia simplesmente aceitar todos os conceitos antigos, e sim de introduzir a sua própria base Mercadológica sem total influência do setor administrativo, isso fez crescer o número de gestores específicos para esta área em todas as empresas, pois o setor empresarial percebeu que não havia como ter um bom Marketing se não havia uma gestão estratégica de Marketing, com conceitos trazidos diretamente do estudo de Mercado e de Planejamento estratégico. 

Nesse período o “Achismo” das técnicas de vendas foram sendo deixados de lado, e assim começaram a desenvolver os primeiros processos estratégicos de Marketing, foi exatamente nessa etapa que se inicia o Planejamento Estratégico de Marketing, como sendo fundamental na base de formação de uma estratégia de Marketing consistente e mais apurada. 

Portanto dentre as inovações trazidas por esse novo modo de olhar o Marketing, esta o Planejamento Estratégico de Marketing, o conceito de Produto sendo diferente Marca, e o conceito de que Preço é diferente de Valor. 


Marketing 2.0 

O Marketing apelidado aqui de Marketing 2.0 na verdade é a parte mais sofisticada do Marketing 1.0, este período surgiu por uma revolução nas estruturas coorporativas das empresas de telecomunicações, a era do Radio e da TV, foram instrumento de circulação de vários produtos de Marketing, exatamente isso nesse período o Marketing também ganhou uma ramificação sendo esta idealizada e defendida por alguns estudiosos de Publicidade, onde denominaram esse período como o período do nascimento do verdadeiro significado do Marketing como nós conhecemos hoje, neste período muitos dos critérios adotados anteriormente foram substituídos por novas ferramentas, não apenas tecnológica más acima de tudo, ferramentas teóricas. 

O Marketing 2.0 foi “inaugurado” por um grupo de pensadores e estrategistas do mercado, que perceberam que assim como a ciência e a tecnologia estavam avançando eram preciso o surgimento de novas metodologias para se alcançar novos objetivos. 

Com a finalidade de vencer a ampla concorrência e com a chegada do mundo globalizado eminente, não era mais aceitável ficar utilizando apenas táticas antigas de Marketing, era preciso mais do que nunca acoplar o Marketing a tecnologia e ao desenvolvimento em si, já não dava mais para escutar todos os conselhos dos senhores dos gabinetes era preciso antes de tudo, entender os processos que levavam as pessoas a adquirirem tal produto ao invés de um produto X. Esses estudos são notoriamente a maior herança deixada para as gerações posteriores de Marqueteiros. 


Marketing 2.0 Evolução   

A primeira grande mudança trazida pelo movimento do Marketing 2.0 foi a preocupação com os estudos da natureza e da relevância do produto em relação as escolhas dos consumidores, trazendo a resposta a dúvida mencionada acima, como seria possível entender o motivo pelo qual os consumidores escolheriam um produto X em vez de um produto Y, essa intrigante pergunta gerou muitas noites de sonhos a menos para grandes pensadores do Marketing. 

Muito do que se entendia sobre o Marketing estava ligado ao conceito do Marketing 1.0 cujo seu fundamento era o de que o Marketing deveria vender o produto seja ele de qualquer jeito, e isso parecia cada vez mais entrar em choque com as possíveis explicações e soluções da pergunta acima descrita, afinal como poderíamos vender qualquer coisa para alguém sendo que esse alguém por um motivo totalmente variável prefere um produto ao invés de outro?, isso era um choque de realidade publicitária, que durou anos de debates. 

E Encontrar a resposta não foi nada fácil, para encontra-la, os grandes marqueteiros tiveram que repensar suas posturas diante do mercado e passarem a aceitar que o processo de Marketing é uma via de mão dupla onde o conceito de mercado consumidor foi originalmente adaptado a nova relação comercial devido ao grande número de concorrentes que haviam acirrado a disputa comercial. 

Neste período podemos encontrar mudanças estruturais no Marketing de grandes empresas como GE, Ford e etc. Tais mudanças tiveram que ocorrer para que o Marketing pudesse acompanhar todo o mundo globalizado como conhecemos hoje. Por isso podemos dizer que o surgimento do Marketing 2.0 foi uma revolução prevista quase que 100%. Esse novo modo de analisar o mercado consumidor passou a difundir idéias inovadoras no campo de estudo estratégico do Marketing. 

Dentre as mudanças de conceito que obteve o maior nível de aceitação estava o de que o foco do Marketing deveria esta no produto, uma vez que o produto seria o principal objeto do mercado consumidor, essa concepção não foi simplista como descrita aqui, na verdade foi muito bem estruturada por teorias de Marketing que perduram até hoje. 

Tendo esse ponto de vista como base de seus negócios os marqueteiros e as agencias de marketing em geral passaram a fazer parte da criação dos produtos, com o intuito de desenvolver um produto de acordo com o foco de que o produto era o principal responsável pelo sucesso de uma indústria ou não. Nesse período era comum muitas fábricas usarem como jargão publicitário frases como “Altamente durável” “Não enferruja”, além é claro da representação de que o bem adquirido iria passar de geração á geração e continuar sendo muito utilizável, e sem grandes prejuízos a distâncias médias de tempo de uso. 

Todo esforço feito na época era focado no desenvolvimento do projeto do produto, e isso tem até hoje uma importância enorme no meio do marketing, tanto é que já em muitas enciclopédias de publicidade e propaganda utilizam-se a expressão “Marketing de Produto” para citar como essa concepção de entender o mercado consumidor e de focar no produto pode ser uma técnica muito poderosa em Marketing. 

Esse pensamento fez empresas medianas se tornarem gigantes, pois o principal objetivo era o de melhorar o produto. Resumidamente os grandes pensadores da administração tiveram uma ajuda do marketing para fundamentar uma estratégia de mercado, que era baseada em “Vamos melhorar o produto e consequentemente atingiremos o mercado que queremos”. 

Esse processo se alastrou e continua se alastrando até os dias atuais. Suas contribuições vão desde o entendimento de que é necessário estudar profundamente o mercado em suas diferentes fases, quanto até mesmo no desenvolvimento das agências publicitárias, pois agora era mais do que nunca a oportunidade de “poupar” tempo dos executivos e desenvolverem a analise de mercado com mais critérios e com mais experiência. 


Internet Marketing 

Com o advento do surgimento da Web 1.0 logo a pós a grande ascensão de desenvolvimento dos anos 90. Muitos estudiosos de Marketing acabaram por perceber que a web também seria algo afetado pelo Marketing, e com uma missão mais visionária muitos estudiosos se programaram para desenvolver também o Marketing habituando-se aos meios de comunicações virtuais. Nesse sentido o Internet Marketing pode ser entendido como a aplicação estratégica de Marketing na internet, ou seja como a atuação do Marketing nos meios eletrônicos. 

O Internet Marketing ganhou muita força com as novas plataformas online, com o desenvolvimento web de sites e blogs, a concorrência foi inevitável, muitos empresários perceberam que essas novas tecnologias poderiam lhe render mais estratégias para engaranhar novos clientes pela praticidade com o qual se daria em encontra-los, e também como uma forma de consolidar o publico alvo do produto ou serviço. Na Wikipédia vemos a descrição do Internet Marketing como esta a seguir:
E-Marketing pode ser definido como os esforços das empresas em informar, comunicar, promover e vender seus produtos e serviços pela internet.

Esta modalidade de promoção apresenta grandes vantagens em relação aos veículos de marketing tradicionais como o fato de tanto grandes como pequenas empresas podem:
·         enfrentar seus custos já que estes são relativamente baixos,
·         não há limite real de espaço para propaganda,
·         o acesso é rápido e o site fica disponível para o mundo todo, sem limitações geográficas.
Friedman (2005) afirma que nunca antes na história da humanidade tantas pessoas tiveram a possibilidade de encontrar tantas informações sobre tantas coisas em um único local. Assim, o uso da internet como ferramenta importante na busca de qualquer tipo de informação deixou de ser uma novidade e se tornou um hábito para as pessoas em qualquer parte do globo. O marketing soube identificar nessa rede mundial de computadores um potencial canal de promoção e distribuição de produtos e serviços.
A acessibilidade à internet além de tornar muito mais ágil e eficiente a forma com que as pessoas se comunicam e procuram por informações também viabilizou o surgimento de uma nova modalidade de comercialização, tanto que para Kotler (2006) as empresas podem operar através da internet um poderoso canal de vendas e informação obtendo um alcance geográfico ampliado para divulgar e promover seus negócios e produtos em qualquer parte do mundo. O e-marketing é calcado nos mesmos conceitos do marketing tradicional em integrar um meio através do qual, indivíduos tenham suas necessidades identificadas e supridas através da criação, divulgação, oferta e troca de produtos. A internet é o canal utilizado pelo e-marketing para realizar essa comunicação de valor e propiciar interatividade ao cliente, possibilitando maior troca de informações e um relacionamento individualizado – marketing one to one.
O e-marketing tem a sua base no e-commerce (comércio eletrônico via inernet), seja este business to business ou business to consumer. Este novo canal de divulgação e promoção de produtos agrega a possibilidade de exposição global ao tradicional composto de marketing: produto, preço, praça (ponto de venda, distribuição) e promoção (propaganda, comunicação). Este incrementa potencialmente as relações de interação entre empresas e público-alvo, constitui uma ação complementar ao mix de marketing.
As empresas hoje em dia enfrentam o desafio de eliminar o abismo que existe entre a administração tradicional e a forma como os negócios são gerenciados na ótica do comércio eletrônico. A maioria das empresas precisará alterar drasticamente os alicerces que as guiaram até aqui, reformulando seus conceitos sobre onde é possível criar valor e como captá-lo. A internet está provocando uma transformação excepcional no mundo dos negócios, exigindo que as organizações deixem de lado muito do que foi aprendido até agora e passem a pensar no capitalismo globalizado a partir de uma óptica mais avançada, que até pouco tempo atrás nem era concebível, onde empresas e consumidores não possuem fronteiras. (Fonte Wikipédia categoria Internet Marketing)

Tratando sobre esse surgiram inúmeros estudiosos do período chamado de primitivo do Internet Marketing. Pensadores do marketing se adaptaram cada vez mais para compreenderem o surgimento desse movimento, e até mesmo receberam outras nomenclaturas. Os anteriormente chamados apenas de Marqueteiros, com o advento do Internet Marketing passaram a se chamar Web Marketers ou Webmaster já que na Web tudo é representado mediante uma plataforma, ou seja, uma página na internet, que precisa ser estruturada e portanto precisa de conhecimentos de web design na maioria dos casos. 


Marketing Digital, Conceito e Área 

Apesar de tudo parecer a mesma coisa, deixei esse tópico de conceito sobre o Marketing Digital de propósito separado do termo Internet Marketing, pois esses termos possuem uma divisão entre eras. O primeiro conceito de Internet Marketing era o de trazer para a Internet os conceitos tradicionais de Marketing da web 1.0 para o E-Marketing. Más atualmente não tem sido isso mais o que vem ocorrendo. 

O Marketing Digital como o próprio nome sugere é um Marketing porém Digital, ao separarmos as palavras fica fácil compreender que o Marketing Digital não é apenas conceitos de Marketing aplicado á internet, e sim um campo de estudo de Marketing. 

Por definição poderíamos dizer que o Marketing Digital é uma área de estudo que visa criar ou aplicar estratégias de Marketing na internet, com uma visão mais futurista e mais abrangente, o Marketing Digital utiliza-se do meio virtual para poder definir suas estratégias de planejamento de vendas e de idealização de apresentação de produtos na internet. 

Quando você entra em um site, ele foi construído para determinada finalidade e para que essa finalidade seja atendida esse site segue alguns critérios, ou seja, segue uma linha de estratégia aplicadas em prol de conseguir êxito na internet,, seja em uma campanha para vender um produto ou para apresentar um conteúdo para algumas pessoas. Portanto para que você entenda o Marketing Digital é inevitável que passe também a entender a sua área de atuação. 

A Internet como uma ampla gama de oportunidades para se fazer negócios exige também ferramentas estrategistas para que você possa atingir determinado objetivo, e essa é a área de atuação do Marketing Digital. Não basta apenas ter uma ideia é preciso definir a estratégia para atingir o seu objetivo na internet e é isso que fazem todos os que querem criar essas estratégias, eles estudam o Marketing Digital. 


As Novas Ferramentas de Marketing Online 

O Marketing ganhou na Internet um conjunto de ferramentas muito boas para agilizar e para automatizar os processos de aplicação. Se compararmos o ano de 1970 por exemplo com os anos 2000 perceberemos que a sociedade em geral mudou muito rapidamente em relação há quaisquer outras mudanças relatadas anteriormente, um exemplo básico, na década de 70 as pessoas tinham que escrever uma carta a mão ou então na máquina de escrever, postar nos correios e caso ela quisesse mandar a mesma carta para várias pessoas teria que fazer várias cópias da carta, e isso dava muito trabalho ter que ficar registrando endereços em cada uma das postagens. 

Atualmente você seleciona vários e-mails escreve um texto copia e manda todos de uma única vez. Isso tornou o Marketing com uma agilidade muito acima do que conseguiríamos fazer manualmente. Essas ferramentas Online de Marketing funcionam como uma espécie de auxilio geral, existem muitas ferramentas que foram criadas especialmente para um determinado fim, seja envio de e-mails em massa, ou análise de web sites, técnicas e métodos de melhorar o site para que ele seja mais acessado, em fim muitos e muitos recursos surgiram. 


O Marketing Digital VS Internet Marketing 

Talvez a maio diferença entre o Marketing Digital e o Internet Marketing esteja em sua aplicação. Como disse anteriormente o Internet Marketing é o Marketing aplicado na web, enquanto que o Marketing Digital engloba tudo, são na verdade todas as estratégias de Marketing na internet e também estratégias criadas na internet, como é caso de várias metodologias de Marketing que só existem por causa da internet. 


Marketing Digital e sua abrangência 

Ao longo dos anos o Marketing Digital tem crescido muito e com esse crescimento veio também o aumento das suas área de abrangência. Muitos setores que pensavam não depender do Marketing Digital tem mudado sua visão sobre esse tema. 

As empresas tem notado que a ampla concorrência trazida pela internet depende de profissionais que possuam as melhores estratégias para serem utilizadas, o próprio uso da internet em si tem se modificado através do tempo, antes o que era apenas uma forma de se informar ou de descontrair, tem na verdade se tornado um meio ao qual se podem fazer negócios e até mesmo inovar criando negócios anteriormente não imaginados. 

O Desenvolvimento de grandes ferramentas online tem possibilitado o trabalho com o mundo da web, fazendo com que até mesmo quem não sabe nada de programação web, possa criar um site com ferramentas especializadas denominadas de criadores de sites. Este é apenas um exemplo de que o Marketing Digital tem crescido com o passar dos anos. 

A dependência de se atualizar frequentemente que faz parte da cultura da web, já afeta todos os campos da vida humana, é muito comum se ter páginas da internet que precisam ser diariamente atualizadas, além de empresas que migraram para a web para não perder os seus clientes. 

O Marketing Digital tem influência em muitas áreas dentro e até mesmo fora da internet, afinal mesmo que um negócio esteja fora da internet ele precisa dela para poder encontrar novos clientes, ou até mesmo para entrar em contato com fornecedores espalhados por todo o mundo, e nesse sentido o Marketing Digital é o conjunto que coloca esses clientes em conexão com esses produtos e serviços. 


Marketing Digital Nos Dias Atuais 

Como anteriormente foi dito a tendência é de que o Marketing Digital continue crescendo, com expectativa de vários setores serem afetados com esse desenvolvimento, e mais ainda, há grande número de estudiosos de Marketing que “preveem” que o Marketing Digital irá desenvolver outras técnicas possíveis de comercialização, afinal toda a tecnologia muda e ela mudando o próprio Marketing Digital também muda. O forte impulso criado no mercado de produtos através do Marketing Digital tem se tornado cada vez mais comum, em muitos institutos de economias espalhados no mundo já há uma expectativa de investimentos massivos nas áreas digitais devido a este setor esta em crescimento, e devido a ele ter sido pouco afetado pelas recentes crises nos mercado físicos. Isso possibilita que novos empreendedores desfrutem de um mercado amplo e para que tenham sucesso nada mais importante que conhecer a fundo o Marketing Digital, aplicar as estratégias corretas e assim atingir seus objetivos. 


Novos ramos surgidos do Marketing Digital 

Dentre os novos ramos surgidos pelo Marketing Digital podemos citar entre eles o E-mail Marketing, que é uma ferramenta indispensável para Marqueteiros. 

Além também do surgimento de novas profissões como Webmaster pessoa que utiliza de seus conhecimento de web para realizar serviços ou criar produtos e oferece-los na internet. 

Outras áreas de desenvolvimento do Marketing Digital estão presentes nos meios de construção de plataformas. Atualmente elas estão ganhando o mercado online pela praticidade que oferecem em seus serviços prestados. 

A necessidade de se ter um negócio bem estruturado na Internet tem possibilitado a oferta de serviços voltados para o desenvolvimento web, o que tem facilitado a vida de muitos programados que hoje em dia não ficam restritos a um local especifico de trabalho. 


Os Benefícios do Marketing Digital para 

qualquer negócio 

Qualquer negócio pode se beneficiar do Marketing Digital, abaixo segue uma pequena lista dos benefícios do Marketing digital para qualquer negócio:

Vitrine Mundial 

O Marketing Digital possibilita que pessoas e empresas entre em contato ou mesmo disponilizem seus produtos e serviços para pessoas de vários lugares diferentes. 

Essa vitrine global é um dos pontos mais positivos possibilitados pela Internet, e o Marketing Digital é a base para poder vencer a concorrência no mundo online. 

Atenção do Público Alvo  

Outra vantagem muito além das convencionais de Marketing é a possibilidade de “purificar” o público que tem acesso ao seu conteúdo. 

Mediante ações de Marketing Digital é possível traçar estratégias paar que o seu produto ou serviço seja visto realmente por pessoas que estão interessadas nele. 

Diferente dos meios de comunicação tradicionais como TVs, Jornais, rádios, onde o leitor recebe indicação de produtos de acordo com a escolha das emissoras, há internet possibilita o próprio leitor á procurar qual o melhor produto e até mesmo compará-lo com outros por meio de experiências de clientes compartilhadas na própria rede. 

O Advento das Redes Sociais   

As redes sociais possibilitam maior interação entre os clientes e a marca ou produto. Isso gera mais flexibilidade entre os consumidores e os atendentes das empresas. 

Essa relação um pouco mais informal e menos burocrática serve para tirar várias dúvidas e também para divulgação de produtos de maneira fácil e rápida, podendo atingir várias pessoas em apenas uma simples postagem. 

Esse recurso de utilizar as redes sociais tem alavancado as vendas de muitas empresas e tem também ajudado a aumentar a exposição de uma marca ou produto. Por meio das redes sociais a interatividade se expande a um número muito maior do que qualquer comercial de TV ou Radio, afinal a internet possibilita uma via de mão dupla entre o consumidor e a marca desejada. 

A comunicação via blogs e sites 

Os blogs e os sites fazem essa interatividade ficar mais refinada, afinal quando se acessa um site ou blog, já temos uma pré disposição comum em relação ao assunto tratado no blog. 

A afinidade comum entre os assuntos de um blog ou site pode ser o inicio de uma fidelização maior entre os clientes que estão chegando e até mesmo na formação de novos clientes. 

Os blogs e sites também permitem que a publicidade esteja onde o público alvo esteja e dessa forma ajuda muito no Marketing e na divulgação de produtos e serviços. 

A parceria com blogs e sites pode aumentar e muito o acesso aos seus serviços, e isso por si só já seria uma vantagem irrevogável.

Os portais de nicho   

Os portais de nicho específicos assim como os blogs tem se destacado nessa questão de fidelização de público alvo. 

A iniciativa de solucionar o problema das pessoas é uma estratégia que é amplamente estudada e colocada em prática no meio do Marketing Digital. E os fóruns e portais tem se tornado cada vez mais atrativos para empresas e plataformas de Marketing Digital. 

Atuar com estratégias bem estruturadas nesses locais podem ser um grande salto rumo ao sucesso de qualquer negócio. 

As páginas de apresentações 

Sites, cartas de vendas, e catálogos online também são outro fator que ajudam muito um negócio, seja ele de qualquer natureza, todos nós gostamos de nos sentir a vontade e flexíveis principalmente quando estamos lendo ou visualizando algo que nós gostamos muito. 

Dedicar ao seu produto ou serviço um espaço onde o cliente possa entrar em contato e saber tudo sobre sua marca e sobre o seu diferencial, pode ser uma boa sacada. 

Além de claro servir como um vitrine para o seu próprio público alvo onde a tendência é só aumentar a fidelização. 


A base para se fazer um bom Marketing 

Digital 

Definir as estratégias corretas, essa seria a principal base para o sucesso no Marketing Digital. 

Não há outra forma de encara o Marketing Digital a não ser que seja de um jeito completamente profissional e inovador. Se colocar dentro da linguagem do Marketing nos meios digitais e explorar as ferramentas que a internet tem nos possibilitado é um indicio forte de comprometimento com o seu negócio. 

Estudar, e estudar mais, pois só assim você aprenderá de fato as maneiras que mais geram resultados para o seu negócio, afinal é inevitável que as vezes o que funciona em um negócio X talvez não funcione em um negócio Y e esse conceito deve ser compreendido por todos que querem fazer do Marketing Digital um aliado em seus negócios. 

Um conteúdo de qualidade é a pedra mais preciosa do Marketing Digital. Não há como ter sucesso no Marketing Digital sem ele, pelo menos não o sucesso verdadeiro, aquele que dura e que faz sua marca produto ou serviço passar de comum, para especial. Se você quer se dar bem no Marketing Digital terá que se esforçar para dar aos seus seguidores um conteúdo de muita qualidade. 


Ferramentas essenciais em Marketing Digital

SEMRush

O Semrush é uma das ferramentas mais utilizadas no meio do Marketing Digital ele serve para auxiliar na pesquisas de palavras chaves e na otimização de sites e blogs para os mecanismos de buscas como o Google, uma vez que possibilita um monitoramento bastante amplo.


O Google Trends possibilita que você analise quais as palavras chaves mais pesquisadas no google e compare-as com outras palavras chaves ou até mesmo com os sinônimos das palavras chaves que você pesquisou.

Google Analytics

Essa ferramenta possibilita que você tenha mais controle sobre a eficácia de suas estratégias de Marketing Digital.

Com ela você terá várias informações sobre o seu site além de poder monitorar vários aspectos de suas estratégias do seu web site. Isso possibilitará a você ter uma visão mais geral de como esta sendo o impacto das mudanças traçadas e das atividades de Marketing aplicadas ao seu negócio.

Google Keyword Planner

Ferramenta excelente para traçar uma estratégia de SEO, não pode deixar de utilizar esta ferramenta gratuita do Google.
Semelhante ao Google Trends no quesito de medir quais palavras chaves são mais buscadas, ela conta com algo que vai muito mais além.
Com essa ferramenta é possível analisar a concorrência de uma palavra chave, volume de vezes que essa palavra chave foi pesquisada e além disso ela te sugere palavras chaves sinônimas e isso pode ser muito importante para que você planeje sua estratégia de Marketing.


Essa ferramenta como o nome memso já diz analisa o SEO do seu site e isso é muito importante paar que você saiba o que pode ser melhorado na estrutura do seu site, para posicionálo menlhor no Google.
Esta ferramenta é disponibilizada gratuitamente pelo site da Seo Master.

Anúncios patrocinados no Facebook

O Facebook Ads é uma ferramenta que vem alavancando os negócios de várias pessoas, afinal você investe pouco, e ainda tem a opção de definir quem vai ver o seu assunto, você direciona sua campanha para o seu público alvo, e passa a ter acessos ao seu conteúdo por pessoas que estão diretamente interessadas no seu tema, marca ou serviço..

Mailchimp

Esta ferramenta é muito boa para fazer E-mail Marketing. Ela é responsável por criar formulários de subscrição onde seus leitores poderão se inscreverem para fazer parte de sua lista de contato onde você poderá depois enviar publicidade voltada para o seu público alvo, ou seja para o gosto dos seus clientes. Além de é claro poder enviar vários e-mails de uma única vez..

Alertas do Google

Esta ferramenta do Google disponibilizada gratuitamente é uma das mais usadas para acompanhamento do que o seu produto ou marca esta sendo citado em fóruns e sites na internet, isso possibilita há você ter uma ideia de como as pessoas estão percebendo a sua presença online.


Concluindo....

O Marketing Digital é um tema muito abrangente e totalmente inovador, a cada dia cresce e traz com sigo muitas inovações. As transformações geradas por ele são muito grandes utilizá-lo e entender as estratégias é essencial para transformar o Marketing Digital no seu maior aliado seja qualquer negócio que você se propõe a desenvolver. Continue acompanhando o Dicas Marketing aqui você encontrará vários assuntos sobre o Marketing Digital.





           















            

0 comentários:

Postar um comentário

Seja muito Bem Vindo e Sinta-se a vontade para comentar em meu blog.